Um dos mais importantes museus de arte do Brasil, agora tem um livro para contar seus 110 anos de história. Neste mês chega às livrarias de todo país o livro “Pinacoteca de São Paulo: 110 anos”.

Escrito por Francisco Cabral Alambert Júnior e produzido pela Mester Fotografia e Comunicação, a obra apresenta toda a trajetória do mais antigo museu de arte de São Paulo, desde sua origem como Liceu de Artes e Ofícios – fruto de um contexto de transformações sociais, políticas e econômicas pelo qual passava o estado no final do século XIX.

Diferentemente dos museus surgidos após o modernismo – como o Masp, MAM-Rio, MAM-SP e MAC-USP, por exemplo -, a Pinacoteca nasceu como espaço de conservação, de reação à modernidade artística, ainda que fosse parte do projeto de modernização social naquela época.

Ao longo de 200 páginas e com muitas fotos, o livro vai narrando o processo de transformação da Pinacoteca de São Paulo até os dias de hoje. Atualmente, o museu abriga um dos maiores e mais representativos acervos de arte brasileira, com quase 11 mil obras abrangendo majoritariamente a história da pintura brasileira dos séculos XIX e XX.

 

Serviço

 Livro: “Pinacoteca de São Paulo: 110 anos”

Autor: Francisco Alambert

Editora: Mester Fotografia e Comunicação – 1ª edição

Dados técnicos: 200 páginas em formato de 29 cm x 29 cm

 

Sobre a Mester Fotografia e Comunicação

A Mester tem como foco a publicação de livros que retratam a identidade cultural do Brasil e suas mais variadas formas de expressão. Com o objetivo de divulgar e valorizar a arte e a cultura nacional, a empresa se utiliza do teatro, cinema, fotografia, artes plásticas, literatura infantil, esportes, biografias, jornalismo e do meio ambiente como temas de suas publicações, além de títulos de novos autores e reedição de clássicos da literatura nacional e internacional.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

limpar formulárioPostar Comentário